16 motoristas são presos por embriaguez ao volante em Várzea Grande (MT) | Mato Grosso


    Dezesseis motoristas foram presos por embriaguez ao volante durante uma blitz realizada na Avenida 31 de Março, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, na madrugada deste domingo (10). Segundo a Polícia Militar, 49 veículos foram autuados por irregularidades.

    Durante a operação Lei Seca, 89 veículos foram fiscalizados e 94 testes de alcoolemia foram realizados, conforme registro feito pela polícia.

    Dos 86 Autos de Infração de Trânsito (AITs), 33 foram lavrados por condução de veículo sem registro ou não licenciado, 23 por condução de veículo sob efeito de álcool e cinco por recusa à realização do teste de alcoolemia.

    De acordo com a PM, também foram recolhidos 17 documentos, sendo 16 CNHs e um Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Dos 46 veículos removidos, 41 eram carros e cinco eram motos.

    Tanto o valor da multa como o prazo de suspensão da CNH são os mesmos do que os aplicados para quem dirige sob efeito de álcool: o valor final a ser pago será de R$2.934,70 e o prazo de suspensão é de 12 meses.

    No momento do teste de bafômetro, o condutor que apresentar índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido (mg/l) é preso, paga a multa, tem a CNH suspensa e responde por crime. A pena é de detenção de seis meses a três anos.

    Quando a quantidade de álcool detectada for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem CNH retida e paga a multa.